quarta-feira, 11 de março de 2009

Última Página


Último dia
Último canto
Última hora

Último fato
Último ato
Última cor

Último manto
Último pranto
Última forma

Última cena
Último tema
Última página!

George Arribas
Posted by Picasa

8 comentários:

  1. Escandalosamente lindo!!!!!!
    Parabéns!
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Antônio Mário (PT)14 de março de 2009 13:33

    Impressionantemente simples e lindo esse poema, um exagero de talento e criatividade.
    Que a última página seja apenas mais um maravilhoso poema.
    E como página última ela seja tão somente uma farsa dramática e poética de ser última - a literatura portuguesa ficaria precocemente órfã, poeta !!!
    Parabens !
    Antônio

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema, parabens!

    ResponderExcluir
  4. Lindo... Apesar da forte expressão de tristeza, parece que é exatamente neste momento das nossas vidas que nos abrimos para a grande festa da renovação...

    Que possamos nós, humanos, cada um de sua maneira, encontrar as melhores possibilidades de nos transformarmos e resignificarmos as páginas da vida... E nos regozijarmos com nossa incrível capacidade de reescrevê-las...

    Uns com poesia, expressão que só vcs poetas tem de colocar em palavras os mais puros sentimentos humanos...
    Outros com música, cujos sons tocam a todos o coração...
    Outros com silêncio... que as vezes falam mais do que mil palavras...

    Fica com Deus meu querido...
    um beijo

    ResponderExcluir
  5. Nossa!
    Fez-me pensar.
    Cármen

    ResponderExcluir
  6. Roberto Passos do Amaral Pereira17 de março de 2009 20:12

    Simples e belo.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Encantadíssima!!! Que alegria navegar no oceano de tuas poesias que que desagua em nossa alma com maestria. Amei, amei. Lindo dia!!! Andréa Pelegrinelli

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário