domingo, 8 de fevereiro de 2009

Espelho Teu

A tua culpa é a desculpa trépida
Em tua alma escura
Escuta o som na fenda que abre em ti
Uma trincheira nua

É tão intensa a tua imensa culpa
Um sem desculpa preferindo o nada
Fazendo o nada e a mocidade finda
Tão cedo ainda mortificando o mundo
Redondamente impávido, exageradamente imundo

Resgata o tempo que já te receia
No fim do tudo no tudo que te enfeia
Resgata os teus no Deus que não te odeia
Pois fosses tu e não fosse eu
Quem te escrevi pra mim - espelho teu
George Arribas
Posted by Picasa

5 comentários:

  1. boa semana!
    O mundo tem quatro Aspectos..
    Grande....Pequeno...
    Simples e o Importante...
    Grande como o Amor...
    Pequeno como a Distância...
    Simples como Eu...
    Importante como Você.
    Beijos de luz
    em
    Teu
    coração

    obs..................................
    lindo!
    um poema alado, puro como água da fonte...
    a imagem apenas foi um laço p/ a harmonia.

    ResponderExcluir
  2. Fátima Raposo (Lisboa - Portugal)9 de fevereiro de 2009 08:48

    Amigo,
    LINDO! LINDO!
    Seu Blog FANTÁSTICO!
    Fátima

    ResponderExcluir
  3. A FRASE: ( de ESPELHO TEU) RESGATA O TEMPO QUE JÁ RECEIA É DE UM FORTE SENTIMENTO BUCÓLICO., CARA O NEGÓCIO É SABOREAR E MELHORAR CADA INSTANTE AS GOTAS DE INSPIRAÇÃO QUE ESTÃO A DESCER O CORAÇÃO......


    ALDO CHAVES.

    ResponderExcluir
  4. Nossa!!
    Esplendoroso texto!!!
    Bjs de parabéns!!
    Aninha

    ResponderExcluir
  5. Olá, Poeta!
    Escreves muito bem, de fato... forma e métrica e rima e como não bastasse, há a mímese, mágica que nos permitr "ver" os versos, por isto digo que é bom ler você, foi assim como o primero texto teu que li chama-se: "Espelho Teu" ... Fora alguém que "escrevera o espelho" e não "no espelho" e o espelho reflete o que lhe for dado a "ver"... Texto de versos fortes e rimas fortes, profundo, que não deixa espaço para o colocarem no divã, como não é raro acontecer lá.
    Admiro quem escreve assim, não deixando espaço para o "Senso Comum".
    Abraço grande!
    Brisa

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário