quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Meus Olhos

Meus olhos aquietam a minha alma
Despindo-me por onde vou
Infantes vão entre as calles
Incautos por entre a dor

Meus olhos e minhas lembranças
Bordados de mundos que eu vi
Porções preciosas de tempo
Que em tantos portos perdi

Segui olhos cegos e insanos
Presas tão fáceis dos meus
Cruéis servis dos enganos
Nas armadilhas do adeus
George Arribas

Posted by Picasa

12 comentários:

  1. SAUDADES SUAS POETA, ESTÁ TRISTE COMIGO?
    NÃO ME AFAGA MAIS O CORAÇÃO COM SUAS PALAVRAS...
    TE AMO EM CRISTO JESUS...

    ResponderExcluir
  2. Amigo,
    Que poema tão lindo, fica difícil saber qual eu gosto mais por que suas criações são belas. João e Maria então, eu choro toda vez que leio.
    Abraços e saudades,
    Maria Clara

    ResponderExcluir
  3. Mais uma coisa linda para a sua coleção.
    Me impressiono com a força e beleza dos seus versos, eles não se excluem...se completam !
    Parabens por tudo.
    Bjs
    Barbie

    ResponderExcluir
  4. MEUS OLHOS: PORÇÕES PRECIOSAS QUE EM VÁRIOS PORTOS PERDI., MOVIMENTO, INTROSPECÇÃO., MUITO BONITO O POEMA QUERIDA E PREZADO POETA, DEUS TE ABENÇOE,

    ALDO CHAVES

    ResponderExcluir
  5. Como vai?
    Maravilhosos poemas, sou sua fã!
    Gostaria de ter vc como colunista em nosso Blog, falando sobre seu belissimo trabalho, uma forma de interagir beleza e cultura, o que achas?
    Pode ser semanal. quiinzenal, a forma que achar melhor.
    Te espero um abraço!

    http://poemasaflordapele1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Poeta
    Continue comtemplando a vida através desses olhos que são lindos, muito lindos !
    bj com carinho,
    Yara

    ResponderExcluir
  7. Pedro Domênico (DF)7 de dezembro de 2009 13:11

    Muito legal a forma como você desenha a sua emoção através dos olhos dessa criança de presença tão forte dentro de você.
    Parabens pelos versos, pela forma e pela excelente página, digna de torná-lo um best-seller.
    Parabens mais uma vez,
    Domênico

    ResponderExcluir
  8. Olhos que tudo vê tudo sente transportando para a alma
    maravilhosos momentos...
    Muito lindo seu poema
    Beijinhos no coração,
    Angela

    ResponderExcluir
  9. Mariana Figueira ( MG)21 de janeiro de 2010 21:05

    Como são lindas as suas poesias !
    Só que essa você escreveu para mim, esses olhos são os meus olhos!
    com mil beijocas,
    Mariana

    ResponderExcluir
  10. Maria Luciana Lima14 de junho de 2010 16:06

    Realmente os olhos são a essência da alma...Parabéns

    ResponderExcluir
  11. Nancy Lins e Silva30 de junho de 2010 08:01

    Simplesmente magnífica!
    Nancy

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário